Login: Senha:
Membros da Academia
Médicos, residentes, estudantes
Público Leigo
Boletim Neuro Atual
Arquivos de Neuro-Psiquiatria
Dementia & Neuropsychologia
Neurobiologia
Revista Neurociências
Classificados
Classificados profissionais



COMUNICADOS
Home > Comunicados

24/07/2012
Exame do Cremesp passa a ser obrigatório para o registro

Em 24 de julho, o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) anunciou à imprensa a obrigatoriedade do exame de avaliação para estudantes do sexto ano de medicina. Até então, o Exame do Cremesp era facultativo, porém já mostrava o despreparo dos futuros médicos.

A decisão do Cremesp, ao tornar obrigatória a participação dos alunos que estão concluindo o curso de medicina, vai permitir a avaliação do nível de ensino-aprendizagem nas escolas médicas, mas não tem poder para negar o registro do profissional a quem não for aprovado. Independentemente da nota obtida no exame, o médico que pr estou o exame poderá ser registrado no Conselho Regional de Medicina.

Com essa iniciativa, os médicos recém-formados receberão suas notas sigilosamente e nenhum empregador terá acesso aos seus dados. No entanto, o prontuário do médico, disponível no Cremesp, manterá todas as informações acerca de suas notas. O objetivo é fazer um retrato da formação dos médicos em São Paulo, traçando um panorama de como está a qualificação dos profissionais de medicina e o que precisa ser melhorado.

A Associação Paulista de Medicina apoia esta decisão, pois entende que há muitas falhas na formação dos médicos e que as entidades comprometidas com a qualidade da medicina no país precisam agir para sanar o problema.

Confira abaixo a nota oficial de apoio ao novo regulamento do Cremesp:

AMB e APM apoiam obrigatoriedade de avaliação de recém-graduados de medicina

A Associação Médica Brasileira (AMB) e a Associação Paulista de Medicina (APM) vêm a público registrar o seu irrestrito apoio à resolução 239/2012 do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), que institui o Exame do Cremesp como novo instrumento de avaliação da formação dos profissionais recém-graduados.

A grande preocupação das entidades médicas é a qualidade da formação dos médicos nos dias de hoje, especialmente em virtude da constante abertura de novas vagas em escolas de medicina cuja infraestrutura deixa dúvidas quanto à qualidade da formação.

O exame será mais uma ferramenta de aferição desta questão, permitindo que seus resultados se tornem subsídios para a tomada de decisões com relação à qualidade da formação do médico no país. É, portanto, uma grande oportunidade de reverter a atual situação e evitar expor a população ao eventual atendimento por médicos de formação duvidosa e suas terríveis consequências.

Promovido de maneira facultativa desde 2005, o exame passará a ser realizado por todos os alunos de medicina do Estado de São Paulo ao final do 6º ano do curso, com o objetivo de avaliar a qualidade do ensino. Nestes últimos sete anos, embora com número restrito de estudantes avaliados, os resultados mostraram-se preocupantes, levando o Cremesp a instituir tal obrigatoriedade.

A nova resolução já incide sobre os formandos de 2012, para os quais a obtenção do registro no Cremesp somente será possível mediante apresentação de comprovação de realização da prova, independentemente da nota obtida.

A AMB e a APM compreendem que a obrigatoriedade do Exame do Cremesp para a obtenção do registro de médico é uma medida imperiosa para salvaguardar a saúde e a vida dos cidadãos brasileiros.

Associação Médica Brasileira (AMB)
Associação Paulista de Medicina (APM)
Por: Cristiane Santos

Fonte: APM

 

Rua Vergueiro 1353 - sl 1404 - 14ºandar - Torre Norte Top Towers Office - São Paulo/SP - Brasil CEP: 04101-000 Tel.+55(11) 5084-9463/5083-3876
Copyright © Academia Brasileira de Neurologia | Política de privacidade e uso de informações